Para melhor segurança e experiência de navegação, este site funciona nas versões mais recentes dos navegadores Chrome, Firefox e Safari.

SALA DE IMPRENSA

No Dia Nacional do Turismo Ecológico, o Legado das Águas destaca a importância do setor para a conservação ambiental

Foto: Arquivo Legado das Águas

São Paulo, 24 de fevereiro de 2022 – Em 1º. de março, quando é celebrado o Dia Nacional do Turismo Ecológico, o Legado das Águas destaca a importância do setor tanto para a conscientização sobre a importância da conservação da natureza, quanto para a geração de renda para populações locais e receitas que são fundamentais para a manutenção de projetos ambientais. Assim, o ecoturismo é uma das principais ferramentas para a preservação dos biomas. O segmento representa um dos principais meios de educação ambiental e permite a integração e o desenvolvimento econômico das comunidades locais em áreas de preservação ambiental. A data foi criada para incentivar essa atividade, que é a forma sustentável de desenvolver a prática turística em áreas naturais, utilizando-se dos patrimônios natural e cultural.

O Legado, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, é referência em turismo ecológico e um dos poucos destinos do Brasil com infraestrutura para oferecer ecoturismo no coração desse bioma. Embora concentre um dos maiores volumes de biodiversidade do mundo, a Mata Atlântica ainda é pouco conhecida, e é também o bioma mais impactado do Brasil. Cobria originalmente 13% do território brasileiro, ocupando a faixa próxima do litoral, do Piauí ao Rio Grande do Sul. Hoje, segundo o estudo Atlas da Mata Atlântica 2019-2020, da Fundação SOS Mata Atlântica, divulgado em maio de 2021, restam apenas 12,4% de seu território original.

O ecoturismo – que tem apresentado forte crescimento em todo o mundo — é uma das frentes de atuação do Legado, dentro da estratégia da reserva de gerar lucro e manter a floresta em pé. “Desde a fundação do Legado, o nosso objetivo é provar que podemos gerar negócios com responsabilidade em áreas protegidas. É muito importante levantarmos o debate sobre como a proteção da biodiversidade é um ativo na busca por desenvolvimento local e renda. Na frente de ecoturismo, por exemplo, temos a oportunidade de promover a conexão dos visitantes com a natureza, estimulando a consciência sobre a necessidade de conservação ambiental”, afirma David Canassa, diretor da Reservas Votorantim, responsável pela gestão do Legado das Águas.

Localizado no Vale do Ribeira, a apenas duas horas da cidade de São Paulo, o Legado oferece uma ampla variedade de atividades para todos os públicos, como trilhas, banhos de cachoeira, passeios de caiaque, caminhadas noturnas, rafting, observação de astros e observação de aves.

A reserva possui uma pousada e camping que recebe turistas de terça a domingo. A estadia na pousada inclui o café da manhã, servido no restaurante localizado ao lado das acomodações. Além disso, há também a opção de hospedagem em uma casa flutuante instalada em meio a uma represa do Rio Juquiá, dentro da área da Reserva. O espaço é administrado pela Altar, e as reservas estão disponíveis pela plataforma Airbnb, incluindo o transporte com barco até a casa. As reservas podem ser feitas diretamente via Instagram.

Algumas das atividades de ecoturismo oferecidas pelo Legado são:

Trilha Cachoeira Dezembro: trilha dentro da floresta que termina em uma cachoeira com piscinas naturais, ideal para banhos;

– Trilha Copaíba – Mirante do Sinal: passa por diversos córregos e termina em um mirante natural de 700 metros de altitude, com vista de 360° da Mata Atlântica (no mirante, há sinal de telefonia 4G);

– Cachoeira do Tamanduazinho: passeio com 2 horas e 20 minutos de duração. A cachoeira fica na divisa do Legado das Águas com o Parque Estadual Jurupará, dois locais de grande importância ambiental;

– Imersão Noturna: atividade com 2 horas de duração, exclusiva para as pessoas que estiverem hospedadas no Legado. A atração começa com uma caminhada leve e percorre um caminho total de 3,5 quilômetros, com trilha suspensa e caminhada na estrada;

– Astro Experience: experiência noturna. A posição geográfica do Legado das Águas favorece a observação de planetas, berços estelares, estrelas mortas, aglomerados e outras galáxias com equipamentos de ponta e exposições sobre o universo;

– Canoagem: A prática é realizada em águas tranquilas e é realizada em caiaques duplos modelo “sit on top”, estáveis e acessíveis. Dessa forma, mesmo aqueles que nunca praticaram a atividade, podem participar da experiência;

– Singletack Tamanduazinho: trilha de passeios de bike no meio da mata atlântica, para aqueles que buscam novos desafios, sendo classificada como percurso de nível médio de dificuldade.

Mais informações estão disponíveis no site do Legado.

Para consultar a disponibilidade para hospedagem, clique aqui.

Protocolo Covid-19

Para evitar aglomerações e zelar pela saúde e segurança de visitantes e funcionários, o Legado das Águas criou um protocolo de segurança em combate ao Covid-19 sob curadoria da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

No quesito estrutura física, a base do Legado das Águas, assim como os receptivos das atividades, recebeu sinalização de distância mínima e placas de orientação de higiene, além da adequação do restaurante para evitar aglomerações. Também foram implementadas: redução da capacidade máxima de visitantes, aferição da temperatura constante entre funcionários e visitantes, obrigatoriedade do uso de máscaras, higienização constante das áreas de uso comum, higienização específica para a pousada, disponibilização de álcool em gel para visitantes, priorização do check-in virtual, entre outras medidas.

Acesse o protocolo de segurança completo clicando aqui.

Sobre o Legado das Águas – Reserva Votorantim

O Legado das Águas é a maior reserva privada de Mata Atlântica do Brasil. Sua área de 31 mil hectares, divididos entre os municípios de Juquiá, Miracatu e Tapiraí, no Vale do Ribeira, no interior do estado de São Paulo, alia a proteção da floresta e o desenvolvimento de pesquisas científicas a atividades da nova economia, como a produção de plantas nativas e o ecoturismo. Foi fundado em 2012 pelas empresas CBA – Companhia Brasileira de Alumínio, Nexa, Votorantim Cimentos e Votorantim Energia. É administrado pela Reservas Votorantim LTDA. e mantido pela Votorantim S.A, que, também em 2012, firmou um protocolo com o Governo do Estado de São Paulo para viabilizar a criação da Reserva e garantir a sua proteção. Mais do que um escudo natural para o recurso hídrico, o Legado das Águas é um território raro e em estágio avançado de conservação, com a missão de estabelecer um novo modelo de área protegida privada, cujas atividades geram benefícios sociais, ambientais e econômicos de maneira sustentável. Saiba mais clicando aqui.

Informações à Imprensa Legado das Águas

FleishmanHillard

Guilherme Molinaguilherme.molina@fleishman.com.br | 55 (11) 9 98823-3331

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

   Outros releases

© 2022. Reservas Votorantim. Todos os direitos reservados

Política de Privacidade